Ana səhifə

IV/1401 ictioparasitologia crédito: (2T 1P) Carga Horária: (30T 30P) Professor Responsável: Dr. José Luis Fernando Luque Alejos. Objetivo


Yüklə 7.7 Kb.
tarix08.05.2016
ölçüsü7.7 Kb.
IV/1401 - ICTIOPARASITOLOGIA

Crédito: (2T - 1P)


Carga Horária: (30T - 30P)
Professor Responsável: Dr. José Luis Fernando Luque Alejos.


OBJETIVO:

Estudo do diagnóstico, da biologia, ação sobre o hospedeiro e controle dos protozoários e metazoários parasitos de peixes. Com ênfase nas espécies e grupos parasitários que afetam os peixes de maior importância econômica do Brasil.



EMENTA:

Diagnóstico, biologia, ação sobre o hospedeiro e controle dos protozoários parasitos de peixes. Sarcomastigophora. Apicomplexa. Microsporida. Myxosporea. Ciliophora. Diagnóstico, biologia, ação sobre o hospedeiro e controle dos metazoários parasitos de peixes. Platyhelminthes: Monogenea. Digenea. Aspidobothrea. Cestodaria. Acanthocephala. Nematoda. Crustacea: Branchiura. Copepoda. Isopoda. Hirudinea.



PROGRAMA ANALÍTICO:

  • Introdução. Conceitos básicos. Diferenças biológicas entre peixes marinhos e de água doce. Situação atual da ictioparasitologia no Brasil.

  • Protozoários parasitos de peixes. Sarcomastigophora: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Protozoários parasitos de peixes. Apicomplexa: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Protozoários parasitos de peixes. Microsporida e Ciliophora: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Protozoários parasitos de peixes. Myxosporea: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Helmintos parasitos de peixes. Platyhelminthes. Digenea e Aspidobothrea: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Helmintos parasitos de peixes. Platyhelminthes. Monogenea: Oligonchoinea e Polyonchoinea. Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Helmintos parasitos de peixes. Platyhelminthes. Cestodaria: Pseudophyllidea. Tetraphyllidea. Trypanorhyncha. Proteocephalidea. Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Helmintos parasitos de peixes. Acanthocephala: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Helmintos parasitos de peixes. Nematoda: Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Crustáceos parasitos de peixes. Branchiura. Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Crustáceos parasitos de peixes. Copepoda. Poecilostomatoida. Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Crustáceos parasitos de peixes. Copepoda: Cyclopoida e Siphonostomatoida. Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Crustáceos parasitos de peixes. Isopoda. Diagnóstico, biologia ação sobre o hospedeiro e controle. Espécies mais comuns no Brasil.

  • Ecologia das populações e comunidades parasitárias de peixes e seu relacionamento com as comunidades parasitárias de outros vertebrados aquáticos. Aspectos gerais.

 REFERÊNCIAS BÁSICAS:

  1. BOXSHALL, G. & MONTÚ, M. 1997. Copepods parasitic on Brazilian coastal fishes: A hand book. Nauplius, 5:1-225.

  2. EIRAS, J. C. 1994. Elementos de Ictioparasitologia. Fundação Eng. Antônio de Almeida, 339p.

  3. PAVANELLI, G. C, J. C. EIRAS & R. M. TAKEMOTO. 1998. Doenças de peixes: profilaxia, diagnóstico e tratamento. maringá, Nupelia, 264 p.

  4. ROHDE, K. 1993. Ecology of marine parasites. An introduction to marine parasitology. Second ed.,

  5. CAB International, United Kingdom, 298 p.


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©anasahife.org 2016
rəhbərliyinə müraciət